A gestão de talentos envolve os maiores desafios das lideranças nas empresas. Isso porque as pessoas são as responsáveis por levarem às organizações a performance e os resultados desejados. Além disso, o comportamento da nova geração de trabalhadores é completamente diferente das anteriores, exigindo abordagens muito mais próximas e práticas.

Nesse cenário, a liderança deve acompanhar as transformações e ajudar a empresa a desenvolver seus talentos. Para tanto, é preciso investir em uma série de competências — e, entre elas, estão o aprendizado e o conhecimento.

Para ajudar nessa missão, os workshops são ideais para desenvolver pessoas em um curto espaço de tempo, além de serem interativos e muito práticos. Por isso mesmo, têm uma grande aceitação por parte do capital humano das empresas.

Neste artigo, você vai aprender como os workshops podem contribuir com a gestão de talentos. Acompanhe!

O que é gestão de talentos?

A gestão de talentos é um forte compromisso das lideranças, e também das organizações, com o desenvolvimento dos melhores profissionais do mercado. Essa prática surgiu devido à alta competitividade e tem por objetivo formar e reter equipes com alto desempenho, além de identificar potenciais funcionários nas organizações.

Nesse cenário, a gestão de talentos é uma estratégia holística e integrada para contratar, treinar e reter os colaboradores com melhor desempenho em uma empresa. Para tanto, atua com variados processos que visam proporcionar:

  • avaliação;
  • desenvolvimento profissional;
  • reconhecimento;
  • crescimento na carreira.

Isso é fundamental para o desenvolvimento das companhias, pois existe uma relação comprovada entre contar com os melhores profissionais e obter bons resultados para o negócio.

Qual é o papel do líder nesse processo?

A liderança tem um papel fundamental na gestão de talentos, já que atua de forma direta nas políticas de motivação, condução da equipe e oferecimento de feedbacks.

Para um trabalho efetivo, as lideranças devem ser inspiradoras e capazes, o que traz muitos benefícios para o negócio. Como resultado, é possível ter um direcionamento mais positivo das ações e, com isso, os resultados serão elevados.

Como fazer um bom trabalho com os profissionais?

Fazer a gestão de talentos exige do líder bastante preparação, dinamismo e poder de argumentação para subsidiar uma série de recursos. Assim, garante-se a eficiência da prática.

A seguir, veja as principais práticas de gestão de talentos no contexto da liderança.

Foque em um modelo sustentável de recrutamento e retenção de talentos

É preciso contar com o auxílio do setor de Recursos Humanos. Isso porque um recrutamento eficiente é o primeiro passo para uma boa gestão de talentos.

O segundo passo é investir em estratégias relacionadas à retenção de bons profissionais. Deve-se, ainda, subsidiar possibilidades atraentes de desenvolvimento e crescimento de carreira para os colaboradores.

Promova a capacitação

Quando a liderança oferece a oportunidade das pessoas se capacitarem, o profissional cria um vínculo mais forte com a empresa. Logo, ao promover ações de capacitação e desenvolvimento, a companhia faz com que o colaborador continue se aperfeiçoando e, consequentemente, tenha mais chances de sucesso na carreira.

Com isso, ele ainda pode contar com mais recursos para lidar com suas funções do dia a dia. Como resultado, a qualidade do trabalho melhora, gerando bons resultados inclusive ao clima organizacional da empresa.

Mantenha um clima organizacional favorável

Desentendimentos e hostilidades trazem desânimo e frustração. Isso leva ao aumento da rotatividade, à queda no desempenho e à falta de motivação.

Portanto, um bom clima organizacional é decisivo para a postura adequada dos profissionais. É fundamental oferecer apoio para as atividades diárias, incentivar o diálogo na equipe, investir em uma boa divisão de tarefas e estimular a ajuda mútua entre as equipes.

Ofereça reconhecimento contínuo

Engana-se quem acredita que os retornos financeiros são as únicas formas de motivar talentos. Todo mundo gosta de ver seus esforços sendo reconhecidos, portanto ofereça feedbacks positivos quando uma tarefa for bem executada.

Isso traz motivação e um sentimento de valorização. Lembre-se de oferecer os retornos de forma constante: não espere um grande acontecimento para que possa providenciá-los.

Como os workshops auxiliam a gestão de talentos?

Como vimos, a gestão de talentos também passa pela promoção da capacitação dos colaboradores — e os workshops são uma ótima alternativa para isso.

Eles trazem uma abordagem muito prática, servindo como treinamentos que abordam conteúdos de forma interativa e bastante objetiva com o público. Com foco no aprendizado, esse tipo de trabalho pode ter a duração de um dia ou mais.

O workshop oferece uma quebra na rotina das empresas e permite a integração entre diferentes áreas, bem como soma conhecimento para o desenvolvimento de carreira dos colaboradores.

Preferência dos profissionais

Organizações que apostam nesse tipo de treinamento são almejadas pelos profissionais e consideradas ideais para se trabalhar. É justamente por esse ambiente de trabalho que os melhores funcionários procuram!

Isso se deve ao fato de que, quando a atualização profissional é oferecida pela companhia, as pessoas se sentem mais valorizadas. Sem contar que, se todos têm a oportunidade de debaterem novas ideias, um maior engajamento é gerado.

Interação e troca de conhecimento

O diálogo é incentivado entre os diferentes setores de uma empresa — e isso é sempre importante para que os processos sejam bem executados do começo ao fim. A interação entre os colaboradores cria um ambiente amigável e, a partir disso, torna-se mais fácil gerir estratégias para a retenção de talentos.

Assim, fica evidente que workshops geram interação e trocas de conhecimento, sendo também capazes de engajarem pessoas e contribuírem para a criação de um ambiente dinâmico de construção coletiva. Além disso, uma abordagem mais prática colabora para a aceleração do desenvolvimento de talentos.

Portanto, promover workshops com assuntos que desafiem os profissionais facilita a gestão de talentos de uma empresa e empodera a liderança, pois ela terá talentos mais capacitados e aptos a oferecerem as melhores entregas. Com isso, é possível elevar o nível de cobrança, mas sem comprometer a motivação.

E então, gostou de saber mais sobre como os workshops podem contribuir com a gestão de talentos? Que tal aproveitar e entrar em contato conosco? Você verá como podemos ajudá-lo!