O que é a EVP e como ela auxilia na retenção de colaboradores?

Quando se fala em gestão de pessoas nas empresas, uma pauta tem ganhado grande destaque pelas lideranças: o Employee Value Proposition ou, simplesmente, EVP. Em tradução livre, a “Proposta de Valor para o Empregado” é um conceito advindo do marketing.

Ele tem como propósitos a avaliação da satisfação dos colaboradores e a adoção de medidas à promoção de uma percepção geral mais otimista pelos colaboradores nas empresas em que trabalham. Assim, a análise e a aplicação dessas ações estratégicas têm como escopo garantir a retenção dos talentos das empresas, mantendo-os motivados no desempenho de suas funções.

Isso promove a redução do índice de turnover (ou rotatividade de colaboradores) e, em consequência, a queda dos gastos despendidos com novas contratações. Quer saber mais sobre a importância da EVP às empresas e como criá-la? Então, continue conosco neste post!

Entenda a importância da EVP para colaboradores e empresas

A proposta de valor para o empregado é a composição de um conjunto de medidas e de práticas adotadas nas empresas em benefício de seus colaboradores. Em consequência, quanto mais satisfeitos (ou seja, EVPs eficientes), melhores são os resultados para os negócios.

Isso porque empresas como a Google, por exemplo, que são reconhecidas pelo seu estilo de trabalho e benefícios financeiros e psicológicos concedidos a seus funcionários, naturalmente, atraem mais candidatos. Por consequência, eles recebem profissionais altamente preparados durante os recrutamentos e, por isso, conseguem contratar os melhores do mercado.

Além disso, em razão das políticas de satisfação de seus funcionários já contratados, o número de desligamentos diminui significativamente. Sem deixar de citar o impacto positivo que isso gera na produtividade. Afinal, esses colaboradores mais qualificados e aptos para o trabalho permanecem mais tempo nas empresas, entregando resultados cada vez mais promissores.

Confira algumas dicas para a criação de uma boa proposta

Por esses motivos, gestores devem, desde já, agir para a implantação de boas EVPs, de acordo com os aspectos relevantes aos contextos empresariais, como orçamento, perfil dos funcionários, localização geográfica, entre outros. Para isso, vamos dar dicas de como desenvolver propostas eficazes.

Capacitações

É essencial que as empresas disponibilizem todos os meios necessários, como treinamentos e palestras, para que seus colaboradores possam estar sempre atualizados e capacitados. Em consequência natural, tornam-se mais confiantes e felizes com aquilo que fazem, entregando resultados mais otimistas às empresas.

Progressão de carreira

Além do aprimoramento na capacitação técnica, estabelecer um quadro de progressão de carreiras, sem dúvidas, incentiva seus colaboradores na execução de trabalhos com mais afinco no decorrer do tempo. Afinal, diante das possibilidades reais de promoção e de obtenção de benefícios, mantêm-se motivados a cumprir todas as metas em tempo e com qualidade.

Políticas de recompensa

Outro aspecto importante à criação de uma EVP positiva é a ampliação das políticas de recompensa nas empresas. Isso para que, da mesma forma, os colaboradores estejam constantemente empenhados nos trabalhos. A concessão de uma viagem para o melhor vendedor do ano na empresa é um excelente exemplo, desde que todos os funcionários sejam previamente avisados até o final do ano antecessor.

Harmonia no ambiente de trabalho

Não é de hoje que gestores devem estar atentos a qualquer tipo de discussão mais enérgica entre colaboradores no trabalho. Isso porque, a depender do perfil e do contexto, as discordâncias podem tomar proporções catastróficas, afetando todo o setor.

Por isso, a mediação de conflitos precisa ser realizada com bastante empatia pelos gestores para a manutenção da harmonia no ambiente de trabalho. Afinal, o bem-estar das relações também influencia na EVP, na produtividade e, em última instância, na lucratividade dos negócios.

A retenção de talentos no cenário empresarial está diretamente relacionada ao grau de satisfação geral dos colaboradores nas empresas. Para isso, é possível influenciar positivamente essa percepção geral (EVP) por meio de medidas e ações coesas, que promovam o bem-estar de todos no trabalho.

Entendeu a importância da EVP nas empresas? A criação de uma boa proposta condiciona-se a uma série de medidas, como a resolução de eventuais conflitos de modo empático. Por falar nisso, que tal entender a importância da empatia na gestão de pessoas? Continue conosco!