Muitos chefes querem que você seja o melhor que pode, mas ao mesmo tempo te pune se fizer algo errado. Esta situação que envolve exigência e punição muitas vezes trazem uma “trava” que faz com que as pessoas hesitem e desenvolvam o que chamamos de autodúvida.

A autodúvida é quando você começa a conversar inconscientemente com você mesmo e coloca sua atitude, capacidade e poder pessoal em dúvida.

Muitas pessoas não dão o seu máximo potencial porque tem inúmeras razões para justificar suas dificuldades ou deficiências. Enquanto não houver uma identificação clara desta autossabotagem, as atitudes e a confiança para agir e tomar decisões ficarão comprometidas.

Veja três coisas que deve parar de fazer para lidar com a autossabotagem:

  1. Pare de dar desculpas. Ou você entrega resultado ou desculpa, faça sua escolha.
  2. Pare de ser vítima. Tenha pensamento de “dono”, assuma a responsabilidade.
  3. Pare de reclamar. Ao interromper a reclamação, você quebra o fluxo de energia negativa que contamina tudo e todos a sua volta.