A qualidade nos serviços prestados, a eficiência nos processos internos e a garantia de um time de trabalho sempre em evolução: esses são alguns resultados da boa gestão de equipes. A produtividade é um assunto em alta, mas muitos gestores ainda se perdem na liderança.

Pensando nisso, trouxemos 4 atitudes para que você consiga orientar a gestão de pessoas para o sucesso. Quer saber quais são elas? Veja a seguir!

1. Alinhamento do fit cultural da empresa

Conhecendo os valores da organização e os desafios no desempenho das funções, fica simples traçar quem é o colaborador ideal para agregar valor à equipe. Um grupo de pessoas com as habilidades e competências necessárias deve ser formado.

O sucesso da performance de uma equipe começa logo em sua formação. Falando do recrutamento e seleção, é preciso que a empresa cuide da operação desses canais para que os candidatos sejam compatíveis com o perfil de trabalho esperado.

2. Clareza e foco nos objetivos comuns

O que faz esse grupo de pessoas se tornar um time? O trabalho em conjunto baseado em uma estratégia. Para que resultados acima da média sejam alcançados, todos devem estar perfeitamente cientes do que estão buscando com suas atuações.

Os grandes objetivos da empresa, ou seja, o planejamento estratégico, precisam ser contemplados até nos serviços mais operacionais. Com esse direcionamento claro, os colaboradores sabem o motivo pelo qual estão trabalhando.

Com isso em mente, uma boa forma de esquematizar o desempenho é mapeando as etapas de trabalho e os planos de ação. O uso da ferramenta 5W2H, por exemplo, demonstra o que deve ser feito, quando, onde, por quem, porquê, qual é o custo e como deve ser feito.

Cuidados ao dar autonomia

Ter uma equipe alinhada e ciente do modo que deve trabalhar também traz o benefício da autonomia. Cada um deve ser livre para desenvolver suas tarefas. É importante falar disso porque alguns chefes fazem o ambiente ser insalubre por cobranças excessivas.

Se o seu time está devidamente preparado, intervenha no caso de realmente notar que algo não vai sair como o esperado, auxiliando-o. Desse modo, seu tempo fica livre para liderar e cuidar dos assuntos estratégicos.

3. Comunicação direta e centralizada

O gerenciamento de conflitos e a comunicação eficiente podem ser desafios. Principalmente quem precisa se reportar para um grande número de liderados pode encontrar problemas em manter todos a par de tudo o que é necessário, evitando confrontos.

Para isso, é superindicado centralizar as informações importantes, usando um canal oficial para que todos os envolvidos tenham acesso às mesmas informações, ao mesmo tempo. Isso evita erros e colabora com a qualidade dos serviços.

Os projetos que passam de um setor para o outro precisam de atenção redobrada, pois qualquer detalhe que se perde no caminho pode gerar retrabalho. Use uma ferramenta tecnológica que possa conter todas as atualizações em tempo real.

Atenção especial aos feedbacks

Os feedbacks são altamente importantes, por isso a liderança deve focar nos melhores meios de fazê-lo. Reconhecer os colaboradores por metas alcançadas e trabalhos bem-feitos é uma forma de manter o trabalho saudável.

Ao dar um feedback, não o confunda com uma “bronca” ou reclamação. Se você é o gestor e líder, leve o comentário sobre o desempenho juntamente com uma solução para melhoria. Colabore com sua equipe nesse sentido.

Se atente às formas de falar, levando as particularidades de cada setor — e de cada indivíduo — em consideração. Nem todos precisam ouvir tudo. Analise bem a forma de dar essa devolutiva, visando à produtividade e não à soma de um problema.

4. Aperfeiçoamento contínuo

Por se tratar de um acordo entre as partes, a reciprocidade deve estar em alta: invista na sua equipe. Veja o baixo desempenho como um pedido de ajuda, pois ele demonstra que algo precisa ser ajustado.

Avaliar a necessidade de treinamentos e ter um plano de desenvolvimento para as pessoas é uma das ações-chave da gestão de equipes. Foque em não desperdiçar recursos e o seu time vai entregar alta performance.

Quer acompanhar mais dicas como essas e se manter atualizado sobre as melhores práticas para a gestão de pessoas? Dê um like em nossa página do Facebook e fique por dentro!