Case de Sucesso – ArcelorMittal

A ArcelorMittal, líder mundial no mercado de siderurgia, atuante no Brasil no segmento de aços planos e longos, com mais de 15.000 funcionários no país, foi capacitada com um treinamento da Jazzer.

O programa teve duração de quatro anos, em um total de 1.260 horas de consultoria. Entre os objetivos do programa estavam fortalecer o potencial de comunicação dos líderes da companhia, resgatar a naturalidade desse público para se expressar, romper com padrões antigos e construir padrões mais saudáveis.

O programa conseguiu resultados efetivos para a ArcelorMittal, como a construção de modelo de alianças e engajamento na alta gestão, além da aproximação do corpo diretivo com a operação.

Quer saber como a Jazzer aumentou a performance dos gestores da ArcellorMittal e trouxe resultados efetivos para a organização? Então continue a leitura!

Quais desafios o treinamento vem ajudando a ArcellorMittal a vencer?

  • Fortalecimento da cultura de saúde e segurança;
  • mudança no modelo mental de olhar para o passado;
  • construção de um novo nível de empoderamento nas lideranças para fortalecer o movimento de sinergia e redução de custos;
  • reativação do terceiro alto-forno e obter 7,5 milhões de toneladas de produção em um determinado período.

Quais foram as pessoas e a estrutura envolvida na cocriação do projeto?

A equipe de design learning da Jazzer se associou à alta gestão da ArcelorMittal e desenhou soluções únicas e específicas para o negócio siderúrgico e dentro da cultura da companhia. Foram envolvidos:

  • Ceo de planos e Ceo de longos — alinhamento estratégico e cultural;
  • diretor industrial — cultura e performance;
  • vice-presidente de RH — diretrizes, prioridades;
  • rh corporativo — design de engajamento;
  • equipe de design learning e consulting da Jazzer — mapeamento e aplicação da metodologia 6D’s;
  • quatro facilitadores da Jazzer — condução de programas e reuniões consultivas;
  • um consultor sênior da Jazzer — construção integrada de soluções;
  • um gestor do sucesso do cliente — sistemas de follow-up corporativo.

Quais foram os públicos envolvidos no programa e quais os projetos aplicados?

Ao total, mais de 500 líderes e colaboradores foram engajados com o treinamento, entre eles:

  • todos VP’s;
  • todos diretores;
  • todos gerentes-gerais de planos e longos;
  • todos os gerentes de planos e longos;
  • gerentes de área de planos;
  • todo RH;
  • área de saúde e segurança.

Entre os projetos aplicados, podemos citar:

  • Desenho consultivo de engajamento executivo;
  • Modelo de integração gerencial sistêmica;
  • Método de plataforma integrada aplicada à siderurgia;
  • Modelo de ondas sociais na gestão da performance;
  • Programa de poder pessoal baseado em ownership thinking;

Quais foram os retornos de investimento?

  • atingimento de 7,5 milhões de toneladas de produção antes do prazo;
  • construção do DNA de saúde e segurança;
  • facilitação do meeting executivo planos e longos;
  • construção de modelo de alianças e engajamento na alta gestão;
  • fortalecimento da cultura de custos;
  • aproximação do corpo diretivo com a operação;
  • maior velocidade de resposta aos problemas;
  • integração de áreas reduzindo desperdícios;
  • redefinição de autonomias, agendas e modelos de reuniões, trazendo ganho de tempo;
  • maior construção de sentido e significado no trabalho.

Quais foram as reações à consultoria e treinamentos?

O projeto atingiu 100% de aplicabilidade das soluções. As expectativas do corpo executivo foram avaliadas como superadas em 84%, e atingidas em 16%, o que conferiu à Jazzer 100% de satisfação de todos envolvidos.

A gerente-geral de RH corporativo da ArcelorMittal, Clarisse Drummond, relata que o programa representou um divisor de águas nos processos de desenvolvimento da liderança na companhia.

De acordo com a gerente, o treinamento permitiu abordar com bastante cuidado a questão do autoconhecimento e levou empoderamento ao processo de desenvolvimento pessoal dos líderes, elevando o papel deles como gestores dentro de um contexto complexo e de mudanças constantes. Além disso, identificar e tratar a comunicação como principal vetor de uma liderança eficaz foi de grande importância.

Já para Leonardo Lira Alves, o treinamento possibilitou que ele direcionasse seus esforços no item “Escuta Ativa e Aberta” da etapa de Comportamento Estratégico, tema abordado no programa de treinamento da Jazzer.

De acordo com Alves, colocar em prática os preceitos e diretrizes do treinamento permitiu a ele estar mais presente, acompanhando os seus subordinados de todos níveis hierárquicos, o que trouxe mais satisfação para os colaboradores.

Além disso, Alves relata que a prática do treinamento vem ajudando no controle da equipe e identificação de potenciais sucessores para todos os níveis, pois gerou também mais harmonia, já que os colaboradores passaram a enxergar a liderança como figuras acessíveis.

De acordo com Alves, o viés prático do treinamento não somente ensina estratégias de oratória, como também obriga todos os participantes a realizarem uma apresentação com temas da realidade da empresa, com situações que envolvam rotina, e com oportunidades de rever com as ponderações técnicas, bem como as posturas que todos assumem enquanto líderes.

Como é o treinamento oferecido pela Jazzer?

O treinamento “Poder Pessoal para Gerentes” é bem prático, dinâmico e promove interações entre seus participantes. Seu conteúdo é dividido em módulos.

Força e presença

O participante aprende a traçar metas, tomar decisões e fazer escolhas de alto impacto positivo, além de melhorar a sua presença pessoal e autenticidade usando sua própria expressão.

Comunicação e produtividade

Mostra como gerenciar a mente e influenciar a produtividade, identificar o que é essencial para fazer mais com menos, organizar ideias e soltar seu poder de comunicação.

Tomada de decisão e influência

Os líderes aprendem a conduzir a mente de forma construtiva, fazer escolhas conscientes sem padrão reativo, e aumentar a influência e envolvimento pela comunicação.

Clareza e adaptabilidade

É trabalhada a clareza e objetividade na comunicação, falar pouco e dizer muito, ter uma mente e atitude de flexibilidade diante da vida.

Poder pessoal

Reconhecer o seu poder e o dos outros, construir uma expressão pessoal contínua e fortalecer a sua capacidade de comunicar ideias.

Quais foram as competências trabalhadas no treinamento?

Entre as competências trabalhadas no treinamento Poder Pessoal para Gerentes podemos citar:

  • visão sistêmica;
  • liderança noética;
  • adaptabilidade;
  • comunicação influente;
  • resiliência;
  • domínio emocional;
  • planejamento integrado.

O foco desse programa da Jazzer é fomentar a capacidade de lidar com autoridade em determinadas áreas, resultando em aumento da produtividade, além de satisfação pessoal e profissional.

Se você gostou deste case de sucesso da Jazzer, entre em contato para saber como podemos ajudar!