4 indicadores para analisar o desempenho da equipe

Investir em gestão de pessoas é a melhor forma de aproveitar o potencial humano do negócio. Entretanto, é necessário ressaltar que o sucesso da equipe não se trata apenas de motivação: os colaboradores precisam estar cientes sobre o desempenho e o resultado que são esperados pela empresa.

A melhor forma de esclarecer essa questão e analisar o desempenho da equipe é saber usar os KPIs — Indicadores Chave de Desempenho — de forma estratégica. Esses indicadores esclarecem o que sua equipe precisa melhorar e ajuda os gestores a analisar o que está dando certo. Em função disso, é muito importante ter métodos de avaliação bem definidos.

No entanto, vale ressaltar que os indicadores podem mudar de acordo com a empresa ou projeto em questão, pois cada propósito é único e necessita de KPIs específicos. Tendo isso em mente, você deve definir quais são os mais relevantes para o seu projeto.

Neste artigo, entretanto, mostraremos 4 indicadores que podem ser usados para analisar o desenvolvimento da sua equipe de maneira eficiente. Continue lendo e fique por dentro!

1. Indicador de lucratividade

O índice de lucratividade pode ser mensurado da seguinte forma: sua empresa conseguiu um total de vendas de R$ 200 mil, mas o lucro recebido foi de R$ 20 mil. Portanto, sua lucratividade foi de 10%.

O lucro é o indicador que mais preocupa os empresários, pois quando essa análise é feita de maneira eficiente, ela pode indicar problemas em diversos setores — desde o atendimento inicial até a finalização do negócio.

2. Indicador de desempenho de processo

Esse indicador verifica se os resultados esperados foram atingidos. Ele foca em como a tarefa foi realizada e se a estratégia utilizada foi bem-sucedida. Os indicadores podem ser subdivididos em:

  • eficiência: ter o melhor resultado gastando o mínimo possível;
  • eficácia: verificar se a equipe está dando tudo de si;
  • produtividade: medir quanto um colaborador produz em determinado tempo;
  • capacidade: averiguar a relação entre produção e tempo;
  • qualidade: conferir a quantidade de produtos que é produzida sem defeitos;
  • rentabilidade: calcular o lucro em relação ao investimento;
  • competitividade: investigar a relação da empresa com a concorrência;
  • valor: calcular a diferença entre o valor gasto e o recebido;
  • turnover: averiguar a rotatividade dos colaboradores.

3. Taxa de churn

Esse índice é referente a satisfação do cliente, ou seja, exceder a taxa de churn rate — clientes que cancelam ou desistem do produto — é o inimigo número 1 da empresa.

Para medir a taxa, basta realizar a soma de clientes no final de um determinado período, por exemplo: a empresa X possuía 200 clientes no início do mês e somente 150 no final. O cálculo seria: (200-150)/200=0,25, 0,25*100=25%. Sendo assim, a taxa de churn dessa empresa seria de 25% ao mês.

Clientes desistem de um produto por diversos motivos, porém, dentro da empresa é possível fazer certos questionamentos para evitar desistências futuras: o consumidor teve suas expectativas atendidas? Como foi o atendimento? O produto é bom?

Para obter essas respostas, crie métodos de avaliação na própria empresa ou, até mesmo, online. Assim, os clientes podem avaliar e dar opiniões sobre o produto e o serviço que são oferecidos. Dessa forma, é possível alinhar, com seus colaboradores, o que precisa ser melhorado para reter esses clientes.

4. Indicador de efetividade

Esse indicador analisa se as estratégias usadas deram certo e se o objetivo estipulado para um determinado período de tempo foi alcançado. O índice de efetividade responde perguntas como: o projeto fidelizou clientes? Aumentou a lucratividade da empresa? Os colaboradores tiveram facilidade para aplicar a estratégia estipulada?

É importante deixar as suas expectativas claras para sua equipe, tendo em vista que a efetividade depende exclusivamente dessa comunicação entre gestor e colaborador.

Os KPIs mostrados são apenas alguns dos que podem ser usados para analisar o desempenho da equipe. Desenvolver um método de avaliação bem definido facilita na análise de retorno e auxilia no acompanhamento das estratégias traçadas.

Gostou das nossas dicas sobre indicadores para analisar sua equipe? Então, mostre esse conteúdo para mais gente! Compartilhe-o nas suas redes sociais!