2D2A: como funciona o processo da Jazzer?

A Jazzer trabalha por empresas que sejam capazes de desenvolver e aplicar todo o potencial produtivo de seus profissionais. Assim, o objetivo é garantir a expressão máxima de valores e resultados corporativos, muitas vezes limitados por erros comuns na gestão estratégica de pessoas.

Os programas são desempenhados por toda a equipe de design learning por meio do modelo 2D2A. O projeto, com viés científico desde 2014, combina estudo dedicado dos aspectos relevantes da empresa com a aplicação dos treinamentos mais adequados a gestores e equipes.

Por isso, o processo desenvolvido pela Jazzer, respaldado no sistema norte-americano ADDIE e na metodologia 6 D’s, tem atraído cada vez mais grandes empresas, que procuram maior lucratividade com a capacitação de lideranças. A busca justifica-se pelos excelentes resultados obtidos, até o momento, pelos clientes.

O passo a passo do modelo 2D2A dá início com a definição de objetivos pelo cliente. Em seguida, o desenho da solução é criado conforme as especificações da empresa e aplicado com o apoio de toda a equipe da Jazzer. O acompanhamento, como última fase do processo, garante o alcance satisfatório das metas definidas.

Quer saber mais como funciona o passo a passo do planejamento e execução do modelo 2D2A desenvolvido pela Jazzer? Então, confira!

Definição

O projeto começa com a definição dos objetivos que a companhia espera alcançar a curto e médio prazo, como otimização orçamentária, estratégias de desenvolvimento da equipe, etc. A análise é feita com bastante cautela. Afinal, caso os treinamentos sejam necessários, serão norteados com enfoque nessas metas definidas.

Nesse sentido, a primeira fase do modelo 2D2A também estabelece as habilidades a serem capacitadas, a forma como será desenvolvida e os funcionários que, em razão do cargo ou do perfil, devem ser treinados para posterior aplicação de todo o conhecimento adquirido na empresa.

No entanto, em determinadas situações, outros fatores podem influenciar (negativamente) a produtividade do negócio e a intangibilidade das metas. Nesses casos, as metodologias educativas são descartadas como as melhores formas de resolução de problemas na gestão de pessoas.

Por essa razão, a Jazzer realiza uma investigação minuciosa de todos os elementos relevantes para que o cliente faça um excelente investimento. Se for o caso, os gastos desnecessários em treinamentos especializados são, desde já, identificados e eliminados.

Desenho

Compreendidas as metas corporativas, é iniciada a fase de planejamento. Com base em pesquisas estruturadas e perguntas específicas ao cliente, o desenho na capacitação pode incluir desde formas mais eficazes de resolução de conflitos até meios para mudar a cultura organizacional.

Diante da complexidade de cada caso, os programas podem variar, em média, de 1 a 3 anos. O tempo de duração não é o mesmo para todos os clientes, visto que cada desenho é adaptado conforme as reais necessidades de melhoria na gestão de pessoas e equipes da empresa.

Funcionários com perfis mais introspectivos, por exemplo, podem ter dificuldades na aplicação de atividades que requeiram muita exposição ao público. Por isso, a sistemática trará uma abordagem que consiga trabalhar, no tempo mais adequado, a desinibição a fim de aprimorar o serviço de atendimento ao público.

A etapa de criação das soluções é traçada com o apoio do cliente, porque a Jazzer mantém uma escuta profissional atenta aos ideais e anseios da empresa. Deste modo, a etapa somente chega a seu fim mediante a participação ativa do cliente na estruturação do programa ideal.

Aplicação

Com a elaboração do planejamento especializado, agora é o momento efetivo de  aplicá-lo na corporação. Para isso, o engajamento motivacional dos gestores e das equipes é fundamental no processo inicial de aprendizagem. Por essa razão, as vantagens e resultados esperados com o treinamento são, então, apresentados.

A metodologia, com respaldo no design-based learning, busca explorar ao máximo algumas formas de transformar o conhecimento em soluções de gestão à empresa. Ao contrário das didáticas corporativas tradicionais, o modelo impede o “aprendizado-sucata”, que se refere ao investimento na capacitação de funcionários sem aplicabilidade à empresa.

Além disso, o cliente é incentivado a ajustar o programa da forma que mais bem atenda a seus gestores e equipes. Neste sentido, a própria linguagem adotada nos treinamentos deve estar devidamente contextualizada. Por exemplo: termos mais técnicos podem ser incluídos na preparação de supervisores mais experientes.

Além disso, a precisão na aplicação de soluções somente é possível com o envolvimento de todos. Nossa equipe de treinamento garante todo o suporte necessário para o alcance dos objetivos. No entanto, o cliente deve estar alinhado e disposto a remover eventuais empecilhos que possam comprometer a fluidez do projeto.

Acompanhamento

Durante os estágios de treinamento, a última fase do modelo zela pela aplicação ideal do programa com a finalidade de obter os resultados almejados. Dessa forma, a avaliação, por meio de números e dados, dos impactos gerados na empresa é indispensável na conclusão do projeto.

Para isso, a documentação de todas as informações sobre a fase de aplicação é coletada. A partir disso, o alcance das metas pode ser mensurado por meio da comparação dos dados obtidos. A etapa permite que o investimento realizado garanta o retorno esperado.

Em consequência, o cliente obtém um ganho enorme com o aprimoramento na gestão de pessoas. Isso permite que até mesmo programas futuros possam ser planejados e aplicados, visto que a empresa, gradualmente, começa a incorporar na sua cultura a adoção de treinamentos.

A fase é importante para satisfação do cliente, como ocorreu no caso da ArcelorMittal. Após a co-criação e execução do projeto, o alcance de satisfação da empresa foi de 100%, com aplicação total das estratégias elaboradas. Isso tudo, porque o acompanhamento dedicado também permitiu o sucesso do programa.

Portanto, a Jazzer, ao contrário dos métodos tradicionais e pouco efetivos, planeja e realiza o treinamento de gestores e equipes, mediante o modelo 2D2A. Para isso, antes da escolha da metodologia a ser efetivamente adotada, o programa requer a definição dos objetivos corporativos.

Isso permite que todo o trabalho a ser elaborado e aplicado na empresa seja formatado com enfoque de 100% nas metas definidas. Assim, a metodologia propõe a consolidação do ensino por meio da correlação entre as problemáticas na empresa e melhores formas de resolvê-las, eliminando-se erros graves de gestão.

Por isso, as etapas de definição, desenho, aplicação e acompanhamento, em conjunto, justificam o motivo de grandes empresas terem acreditado e investido nesse modelo. Afinal, o sucesso do programa, com resultados tangíveis às metas almejadas pelo cliente, é garantido.

Agora que você conhece minuciosamente o passo a passo na aplicação do modelo 2D2A, o que você acha de potencializar o desempenho da gestão de pessoas na sua empresa? Entre em contato com a Jazzer e faça já o seu orçamento!